Resumo da novela A Usurpadora – 11/10 a 15/10

Confira o resumo dos próximos capítulos da novela A Usurpadora (de 11 de outubro a 15 de outubro), exibida pelo SBT, e fique por dentro dos principais acontecimentos desta semana.

Segunda-Feira, 11 de Outubro

Capítulo 4: Emílio aponta para os manifestantes. Paulina sai do esconderijo, ordena que abaixe a arma e promete aos manifestantes que vai conversar com o presidente.

Gonçalo está na cama com os pés e mãos amarrados. Paola, completamente bêbada, diz a ele que por um momento acreditou que realmente fossem viver juntos até que descobriu que sua intenção era eliminá-la.

Carlos adverte Emílio por sua conduta e Paulina por não ter chamado os seguranças. Paola insulta Manuel, afirma que se forem descobertos estarão perdidos e ordena que elimine Paulina.

Paulina tenta convencer Carlos a marcar uma reunião com os manifestantes. Carlos exige que Paulina lhe diga se tem um amante.

Ela nega e fala que precisa ter mais atenção com seu filho. Fernando conta a Carlos que o que aconteceu na noite anterior reforça a desconfiança de que Paola tem um amante.

Manuel diz a Paulina que sua tentativa de fuga teve consequências, por isso, já ministraram a primeira dose à sua mãe. Paola atira em Gonçalo.

Terça-Feira, 12 de Outubro

Capítulo 5: Gonçalo tenta convencer Paola de que a ama e suplica que não o mate. Mas Paola dispara contra ele e o mata.

Paulina diz a Montse que já não suporta mais a farsa e sua família precisa saber que está bem. Montse alega que sua mãe está ameaçada e é melhor que não tente nenhum contato.

Emílio é grosso com Paulina e Carlos conta ao filho que deveria estar agradecido por sua ajuda. Piedade diz que todos estão surpresos com a mudança de comportamento de Paola.

Ivan fala para Paola que o motor do avião está falhando e terá que aterrissar em Cancún. Teresa pergunta a Manuel por que sente tanta falta de Paola, já que sua irmã está desempenhando bem o papel de primeira-dama.

Montse se assusta ao ver Fernando na frente da casa de Gonçalo. Ele fica surpreso.

Quarta-Feira, 13 de Outubro

Capítulo 6: Paola foge no carro de Gonçalo ao ver que Fernando está a ponto de descobri-la e telefona para dizer a Manuel que vai terminar o que ele não conseguiu fazer, acabar com Paulina. Montse comenta com Paulina que Fernando estava fazendo muitas perguntas e num tom muito agressivo, mas não lhe disse nada.

Manuel pergunta a Paola se Gonçalo veio com ela. Paola diz que os dois terminaram o relacionamento, mas continuam amigos.

Horácio convida Emílio para uma festa, mas ele não aceita e afirma que depois da confusão com a arma seu pai quer mandá-lo para um colégio interno e culpa Paola alegando que a ideia foi dela porque o odeia. Paulina conta a Manuel que ninguém percebeu que ela não é Paola, mas precisa falar com sua mãe e saber quando Paola vai voltar.

Paulina vai a um evento infantil e lá encontra Paola, que está decidida a eliminar Paulina e recuperar seu lugar de primeira-dama.

Quinta-Feira, 14 de Outubro

Capítulo 7: Irene diz a Fernando que Gonçalo não é um traficante de armas e distribui para países da América do Sul. Carlos convida Paulina para jantar e relembrar como se apaixonou por ela.

Sem imaginar que ela não é Paola, Carlos tenta uma reconciliação. Paola pede a Manuel que avise Paulina para chegar às nove horas na casa do Gonçalo para que conversem, pois quer voltar a ocupar o seu lugar de primeira-dama.

Paulina chega na casa de Gonçalo e é seguida por Fernando. Nesse momento chega Santiago e se surpreende ao vê-la, declarando que deveria estar morta.

Ele acredita que está diante de Paola.

Sexta-Feira, 15 de Outubro

Capítulo 8: Acreditando estar diante de Paola, Santiago a ameaça com um revólver, exige que lhe diga onde está Gonçalo e o carregamento. Paulina tenta convencê-la de que não é Paola.

Fernando chega e o desarma, mas Santiago consegue fugir. Paola assiste tudo pelo tablet e fala para Manuel que precisava ter certeza de que Paulina iria sozinha.

Fernando interroga Paulina sobre Gonçalo e o carregamento que Santiago queria saber sobre o paradeiro. Paulina alega que desde o atentado que sofreu não soube mais nada de Gonçalo.

Paola diz a Manuel que Teresa vai se encarregar que Santiago seja responsabilizado pelo desaparecimento de Gonçalo. Paulina comenta com Montse que Paola lhe preparou uma armadilha para matá-la.

Fernando conta a Carlos que o amante de Paola é um traficante de armas. Emílio fica sabendo por uma matéria na imprensa que sua mãe não morreu em um acidente e que a causa de sua morte foi suicídio.

Teresa assassina Santiago.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo