Home / Notícias / Policiais / Golpe de clonagem de WhatsApp faz vítimas na região; saiba como se proteger

Golpe de clonagem de WhatsApp faz vítimas na região; saiba como se proteger

O golpe de clonagem de WhatsApp voltou a fazer vítimas em Muriaé e região. Embora antigo, os primeiros registros do golpe datam de 2017, mais pessoas continuam sendo vítimas.

Em Muriaé, foram ao menos três vítimas nas últimas 24 horas. Após conseguir clonar o número do aplicativo das vítimas, os criminosos se passam pelas mesmas e fazem contatos com seus amigos e familiares. Durante contato, passam a pedir ajuda financeira, seja através de depósitos ou transferências.

Algumas das pessoas que receberam este contato dos bandidos acabaram realizando movimentações financeiras e ficaram no prejuízo.




Nem sempre a clonagem do WhatsApp implica na clonagem do número do telefone, mas há caso em que ambos acontecem.

As vítimas já procuraram a polícia. Saiba abaixo como evitar cair no golpe e o que fazer se você se tornar vítima.

Como evitar cair golpes de clonagem




– Ative a verificação em duas etapas no WhatsApp no menu Ajustes>Conta. O aplicativo passará a solicitar a senha cadastrada esporadicamente, evitando que a conta seja utilizada por terceiros;

– Nunca repasse dados de SMS para terceiros. Não é normal que empresas de comércio eletrônico entrem em contato com clientes via WhatsApp;




– Fique atento com dados conflitantes nas mensagens recebidas.

– Nunca realize transações bancárias sem antes ter certeza de com quem está falando.

O que fazer caso sua conta seja clonada?

– Avise familiares e amigos sobre o ocorrido, informando que não repassem dinheiro nem dados pessoais para os criminosos;

– Caso alguma pessoa tenha feito transferência, comunique a instituição bancária para que cancele a transação;

– Registre um Boletim de Ocorrência junto à Polícia Civil, informando todos os dados trocados entre os criminosos e sua lista de contatos, como contas bancárias e endereços;

– Envie um e-mail para [email protected] com o Boletim de Ocorrência em anexo, o assunto “Perdido/Roubado”, e o seguinte corpo de mensagem:

“Prezados,
Serve o presente para informar que a conta +55xxxxxxxxx foi sequestrada e que os atacantes passaram a realizar o envio de mensagens em massa (SPAM) para diversos contatos e grupos solicitando transferências em dinheiro.
Solicito o bloqueio e/ou banimento imediato da conta número +55xxxxxxx.
Muito obrigado.”

Confira também

Bandido armado rouba bar em Muriaé

Um bar foi alvo de roubo, na noite dessa segunda-feira (18), no bairro Barra, em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *