Motorista de ônibus é preso por estupro em Muriaé



Um homem de 51 anos foi preso, na manhã deste domingo (28), pelo crime de estupro em Muriaé.

Por volta das 11h30, a Polícia Militar recebeu denúncia anônima sobre um ônibus que estava estacionado nas proximidades da Feira Livre, que ocorre nas proximidades do Terminal Rodoviário, e que uma mulher estaria sendo violentada próximo ao veículo.

No local, militares constataram que se tratava de um ônibus intermunicipal, que faz a linha Muriaé x Ubá, e que o suspeito era o motorista do veículo e a vítima, de 28 anos, trabalhava como trocadora do veículo.

A vítima estava bastante abalada e relatou que o motorista parou próximo a Feira Livre alegando que estava com dores nas costas. Ele então pediu a trocadora para passar um gel massageador nas suas costas.

Nesse ínterim, o autor pediu um beijo a vítima e chegou a abrir o botão de sua blusa. A víima tentou se desvencilhar, mas o autor continuou insistindo, mesmo sendo alertado pela vítima que a ação estaria sendo filmada pelo circuito de câmeras do veículo.

O motorista ainda tentar forçar a trocadora a fazer sexo oral nele. Enquanto a vítima gritava por socorro, apareceu um homem que conteve o estuprador.

Em relato a polícia, o autor não soube dizer o que o levou a praticar o ato. Ele foi preso em flagrante e conduzido a Delegacia de Polícia para demais providências.

Fonte: Guia Muriaé

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.