Após sumiço de chave, mulher é espancada por namorado e fratura tornozelo; agressor foi encontrado em galinheiro

O sumiço de uma chave foi o motivo para que um homem de 36 anos de idade espancasse com socos, chutes e pauladas a namorada, de 31 anos. A agressão aconteceu por volta das 22 horas de sábado, 17 de julho, na Avenida Meia Pataca, próximo a empresa Reciclagem do Juninho Teixeira, nas imediações do Bairro Popular, em Cataguases.

Populares ouviram a vítima gritando por socorro e acionaram a Polícia Militar pelo número 190. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU – também foi chamado e compareceu ao local e, após realizar o atendimento inicial, levou a vítima ao Pronto-Socorro do Hospital de Cataguases onde foi atendida.

Os médicos confirmaram a fratura no tornozelo direito e a encaminharam para a cirurgia. Não há informações sobre seu estado de saúde.

Os policiais que assumiram a ocorrência encontraram a mulher caída ao chão, sentindo muitas dores, conforme consta no Boletim de Ocorrência a que o Site teve acesso. A vítima contou aos militares que seu namorado a espancou e, em seguida, fugiu por um estacionamento em frente de onde estava.

Ela disse ainda que são namorados há dois anos, mas que há cerca de dois meses ele começou a agredí-la fisicamente.

Naquela noite eles estavam retornando de um bar em direção a casa dele quando, ao chegarem, começaram a discutir porque as chaves do portão teriam sumido. Pouco depois ele agarrou seu pescoço e começou a enforcá-la e, em seguida, lhe deu vários socos e chutes que só cessaram após moradores do local gritarem com ele.

Os policiais realizaram buscas nas imediações e o localizaram escondido dentro de um galinheiro no quintal do estabelecimento. Ele foi preso em flagrante e conduzido para a Delegacia de Polícia Civil em Leopoldina onde teve sua prisão ratificada pelo delegado de plantão.

Fonte: Marcelo Lopes


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo