Home / Notícias / Região / Barragem da CBA em Miraí recebe visita da PM, Bombeiros, Defesa Civil e vereadores da região

Barragem da CBA em Miraí recebe visita da PM, Bombeiros, Defesa Civil e vereadores da região

Na quarta-feira (30) a unidade da CBA (Companhia Brasileira de Alumínio) em Miraí recebeu a visita de representantes do poder público, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil de municípios da região.

A Defesa Civil contou com representantes de cidades como Miraí, Muriaé, São Sebastião da Vargem Alegre, Cataguases e Leopoldina. Também participaram da visita Almir Alves de Araújo (presidente da Câmara de Miraí), David Lacerda (presidente da Câmara de Muriaé) e Maria Nazaré Pedrosa (presidente da Câmara de São Sebastião da Vargem Alegre).

As autoridades foram recebidas pelo gerente-geral de Mineração e Alumina da CBA, Ricardo Vinhal, pelo gerente das unidades da CBA na Zona da Mata, Christian Fonseca de Andrade, e por técnicos da empresa.




Os visitantes puderam conhecer a barragem e se inteirar dos procedimentos de segurança, além de tomar conhecimento das rotinas de monitoramento por empresas independentes e pelo poder público.

Os representantes da CBA reforçaram o compromisso com a segurança de suas barragens, mantendo o cumprimento de todos os requisitos legais e a conformidade dos procedimentos com as melhores práticas internacionais e confirmaram que todas as suas barragens estão com licença de operação em vigor.

– Verifiquei no próprio local que a mineradora vem realizando um trabalho comprometido e adequado a todas as normas de segurança exigidas para este tipo de extração, por isso, acredito que Muriaé não se encontra hoje na mesma situação de risco vivenciada pelos moradores de Brumadinho – afirmou David Lacerda, após cumprir seu papel fiscalizador, como representante do Poder Legislativo de Muriaé.




Fonte: CBA / CMM




Confira também

Irmãos adolescentes são suspeitos de matar homem que havia acabado de sair da cadeia

Nesta quarta-feira (26), a Polícia Civil de Juiz de Fora prendeu, no bairro Santa Rita, …

2 comentários

  1. Segundo o Sr Davi Lacerda Muriaé não se encontra hoje em risco como em Brumadinho mas e amanhã e depois quando apresentar problema será tarde aí gostaria de ouvir o seu depoimento!

  2. Braz José de Freitas

    Se os habitantes da região forem depender de fiscalização do IBAMA e FEAM, estarão perdidos. Esses dois orgãos cobram trimestralmente dos empreendedores uma taxa de “fiscalização ambiental” e não fiscalizam nada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *