Home / Notícias / Região / Comemoração das eleições termina em confronto e 19 são detidos em Ervália

Comemoração das eleições termina em confronto e 19 são detidos em Ervália

A festa em comemoração as eleições terminou em confusão em Ervália, na noite desse domingo (2). Infratores entraram em confronto com a Polícia Militar e 19 pessoas foram detidas.

Por volta das 21h30, duas viaturas realizavam deslocamento pela Praça Getúlio Vargas sentido a sede do Pelotão PM, momento em que indivíduos arremessaram diversas latas de cerveja em meio a gritos e vaias, uma vez que o som havia sido desligado por parte dos carros que estavam pelo local, conforme estabelecido pela Juíza da Comarca de Ervália em acordo com os partidos políticos, decisão esta de que a festa da comemoração seria encerrada às 21h.

Os PMs desembarcaram das viaturas com o intuito de identificar os autores e evitarem maiores danos nos veículos, mas os autores continuaram a arremessar latas e garrafas contra os policiais, que para repelir a injusta agressão fizeram uso de munições de elastômero (bala de borracha) e granadas de efeito moral. Nesse momento eram nove os PMs contra cerca de 300 agressores, que foram orientadas a deixarem o local para facilitar a identificação dos principais autores.




Após a ordem e já com número reduzido de pessoas pelo local, cerca de uma hora depois do início do confronto e após receberem apoio de mais militares, foi possível a identificação de vários agressores, sendo que nove foram detidos em flagrante. Outras oito pessoas abordadas foram liberadas após tomarem conhecimento de que ainda nesta segunda-feira (3) deveriam se apresentar na Delegacia de Polícia de Ervália. Eles utilizaram pedras, garrafas e lança-rojões contra a equipe policial e contras as viaturas.

Um PM foi atingido por uma pedra na sua canela direita, sendo de imediato realizada uma sutura. Posteriormente, ele veio a levar cinco pontos. Outro policial teve um rojão arremessado em sua direção, que veio a explodir próximo ao seu ouvido esquerdo causando uma pequena luxação, além de uma pedrada que lhe atingiu na cabeça, que estava protegida por capacete balístico. Outro PM levou uma pedrada de raspão no queixo. Pelo menos três viaturas sofreram danos variados e a sede do Pelotão PM teve a janela da sala de registro de ocorrências ficado com o vidro danificado. A Perícia Técnica foi acionada e realizou os trabalhos de praxe.

As Praças Artur Bernardes e Getúlio Vargas foram parcialmente destruídas pelas ações dos infratores, os quais retiraram as madeiras que faziam o cercamento das gramas para intentar contra a vida dos policiais e vieram a quebrar bancos de concreto para conseguir as pedras que eram jogas contra os PMs.




Assista ao vídeo de parte da confusão e do confronto:




Fonte: Guia Muriaé

Confira também

PM cumpre mandado, prende jovem e apreende mais de R$ 2 mil e dois veículos em VRB

Um jovem de 19 anos foi preso, no início da manhã dessa quarta-feira (20), em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *