Golpista arrecada cerca de R$ 700 para suposto sobrinho que teria tumor na cabeça



Um homem de 32 anos foi preso, na terça-feira (23), pelo crime de estelionato na zona rural de Mutum. Moradores do Córrego Santa Elisa foram vítimas do golpista, que angariou cerca de R$ 700 reais para um suposto sobrinho doente.

Militares receberam informações de que um indivíduo estava passando pelas casas da localidade e pedindo doações em dinheiro para custear o tratamento de uma criança, de 8 anos, que estava com um tumor na cabeça. Segundo relatos, o autor dizia que o doente era seu sobrinho, morador da cidade de Ipanema.

O denunciado foi encontrado pelos policiais. Ele chegou a se apresentar com um nome falso e informou onde ele e a criança doente moravam, porém a equipe policial da cidade de Ipanema constatou que os endereços informados eram inexistentes.




Após diálogo com os policiais, o autor acabou informou seu nome verdadeiro. Foram apreendidos R$ 731,00 com ele. Foi constatado que a motocicleta usada pelo estelionatário estava com os documentos irregulares e que ele era inabilitado. O autor foi preso e levado para o quartel da Polícia Militar para adoção das demais medidas.

A PM agradece à população pelo registro das denúncias, pois através delas foi possível que mais um infrator da lei fosse detido. Na ocasião, a PM orienta, principalmente os moradores da zona rural, a acionarem a polícia caso percebam movimentação de pessoas estranhas na localidade. Observe as características de indivíduos e veículos suspeitos e passe as informações para a PM. As denúncias podem ser feitas pelo 190 ou 181 – Disque Denúncia.

Fonte: PMMG

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.