Minas cria plano para retomada do comércio: “Decisão ficará para cada prefeito”, afirma Zema

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, anunciou a criação de um plano para retomada das atividades comerciais no Estado.

Batizado de “Minas Consciente”, o programa vai estabelecer para cada um dos 853 municípios mineiros as prioridades para reabertura gradual do comércio, apontando os setores que devem voltar antes ou depois.

Para isso, o Estado será dividido em 14 regiões de Saúde para facilitar o acompanhamento dos números do coronavírus e os prefeitos que irão decidir o que vão fazer.

– Se em determinada cidade observamos que o número de casos ou óbitos subiu, vamos solicitar ao prefeito ou até ao Ministério Público que adotem medidas para restrinjam as atividades econômicas – afirmou o governador, em entrevista ao Jornal Nacional, da TV Globo, nesta quarta-feira (22).

Maiores detalhes deverão ser divulgados pelo Governo de Minas nesta quinta-feira (23).

Ainda hoje, o governador anunciou que as escolas em Minas não devem retornar em menos de 90 dias e casas de shows e eventos culturais devem continuar proibidos por até 120 dias.

A Secretaria de Saúde de Minas adiou o pico do isolamento social em decorrência coronavírus no Estado. A expectativa é que o pico fosse em 27 de maio e passou para 03 de junho.

O último boletim epidemiológico mostra que Minas registra até o momento 47 óbitos confirmados e investiga outras 78 mortes em decorrência do covid-19.

Fonte: Guia Muriaé


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre