Home / Notícias / Região / Homem é morto a tiros em Chalé

Homem é morto a tiros em Chalé

Um homem de 35 anos foi morto a tiros, na tarde dessa terça-feira (11), na cidade de Chalé.

Por volta das 16h30, a Polícia Militar recebeu denúncia anônima de que uma pessoa havia sido baleada na Avenida Coronel José Maria Gomes, no Centro. Segundo a denúncia, os autores do criem haviam evadido do local em uma motocicleta, seguindo sentido ao município de Lajinha.

De imediato, militares procederam ao local e confirmaram a veracidade dos fatos, sendo que a vítima já estava sem os sinais vitais. O local foi isolado e a Perícia Técnica acionada. A PM acionou o plano de cerco e bloqueio e o fato foi comunicado as frações vizinhas.




A vítima foi identificada como Wender Alves Gonçalves, natural de Durandé. Após os trabalhos de praxe, o perito constatou quatro perfurações no corpo da vítima. O corpo foi liberado e removido para a funerária local.

O crime aconteceu em frente a uma agência bancária, estabelecimento este que dispõe de câmeras de segurança que registraram o crime. Foi verificado que os autores chegaram no local em uma motocicleta Honda CG Fan, de cor vermelha. Quando a vítima se aproximava de uma mercearia, o garupa da moto desembarcou e efetuou vários disparos em direção a mesma.

Ainda pelas imagens, foi constatado que o condutor era uma pessoa magra, altura mediana, trajava roupas e capacete na cor preta. Já o passageiro era gordo, baixo, trajava blusa no tom azul claro, calça na cor bege e capacete na cor escura, levando ainda uma bolsa de cor bege à tira colo.




Após o crime, a amásia da vítima teria adentrado na mercearia de sua mãe e quebrado alguns objetos, vindo a acusar sua mãe de envolvimento na morte de seu marido. Em contato com a polícia, ela alegou que vivia com a vítima há dois anos, mas sua família não aprovava o relacionamento. Disse ainda que alguns dias atrás ouviu sua mãe falando no telefone com uma pessoa, combinando valores sobre um serviço, tendo desconfiado que seria para a execução da vítima.

A polícia, a sogra da vítima confirmou que a mesma não combinava com nenhum membro da família, que era uma pessoa se envolvia em vários problemas, sendo que a relação piorou por questões de herança. Disse ainda que estava no seu estabelecimento no momento do crime, momento em que a vítima chegou dizendo que queria conversar com ela. Logo em seguida, os autores chegaram e efetuaram os disparos, tendo ela corrido para fora do comércio, não conseguindo perceber maiores detalhes dos autores.




Durante o desenrolar da ocorrência, a PM de Lajinha recebeu denúncia anônima apontando um dos autores do crime. Após rastreamento, ele foi localizado e submetido a busca pessoal, contudo nada de ilícito foi encontrado. Questionado sobre os fatos, negou envolvimento no crime, alegando que passou todo o dia em casa.

O homicídio será investigado pela Polícia Civil.

Fonte: Guia Muriaé

Confira também

Vereador mata prefeito a tiros por causa de porteira em lote

Uma desavença entre o prefeito de Naque, no Vale do Aço, e um vereador da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *