Home / Notícias / Região / Homem sequestra e estupra criança de 2 anos e é espancado por moradores

Homem sequestra e estupra criança de 2 anos e é espancado por moradores

Um homem de 50 anos foi preso, nessa sexta-feira (24), por estupro de vulnerável. Ele é acusado de sequestar e abusar sexualmente de uma criança de apenas 2 anos. O caso aconteceu em Divisa Alegre, no Norte de Minas.

Segundo informações da Polícia Militar, o homem morava há três meses no povoado de Abacaxi, zona rural de Pedra Azul, cidade vizinha de Divisa Alegre. Foi na localidade que ele conheceu a vítima. Ontem, sem autorização dos pais, ele pegou a criança e fugiu com ela.

Desesperados, os pais e familiares passaram a procurar pela criança e acionaram a Polícia Militar, que iniciou rastreamento.




Durante buscas pela BR-116, em Divisa Alegre, militares depararam com um indivíduo correndo sem as roupas. O homem foi abordado e questionado sobre o que havia acontecido. Ele inicialmente relatou que teria sido assaltado, que o ladrão teria levado suas roupas e celular.

Pouco depois, a criança foi encontrada nas proximidades, em meio a um matagal às margens da rodovia. Ela estava inconsciente sem as roupas e com sangramentos.

Os moradores da cidade ficaram revoltados com o crime e espancaram o homem. Com facas, os moradores chegaram a fazer sofrer cortes na região genital do estuprador, que ainda sofreu ferimentos na cabeça.




Os policiais precisaram intervir e levaram o homem para atendimento médico. Em seguida, ele foi conduzido a Delegacia de Polícia de Pedra Azul.

A criança foi levada para um hospital em Águas Vermelhas. O médico constatou fraturas na vagina e ânus. Ela precisou ser encaminhada para um hospital em Pedra Azul, onde passará por cirurgia.




Assista a reportagem da TV Record:

Fonte: Guia Muriaé, com informações do Jornal O Tempo

Confira também

Jovem é morto com cinco tiros em Além Paraíba

Um jovem de 26 anos foi encontrado morto, nessa sexta-feira (16), na cidade de Além …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *