Mulher é denunciada por ‘stalking’ após perseguir médico em MG: ‘500 ligações em um dia’

Guia Muriaé no WhatsApp

No início deste mês, uma mulher foi presa em Ituiutaba, no Triângulo Mineiro, sob a suspeita de perseguir um médico local desde 2019. Kawara Welch, que se apresenta como artista plástica nas redes sociais, chegou a fazer uma homenagem pública ao profissional, postando em abril de 2020 uma pintura de um médico segurando um coração humano com a legenda: “Obra: Meu coração em suas mãos”.


Em entrevista ao programa Fantástico, o médico, que preferiu não se identificar, relatou que conheceu Kawara em 2018, quando ela buscou tratamento para sintomas de depressão. A partir do ano seguinte, ela passou a procurá-lo insistentemente na clínica onde ele trabalha.

“Ela ficava me esperando na esquina do meu trabalho. Ela invadiu minha clínica. Fui perseguido várias vezes”, contou o médico, que descreveu a escalada do comportamento obsessivo da mulher.

Eventualmente, Kawara conseguiu o número de telefone do médico e começou a enviar mensagens perturbadoras, incluindo fotos sugestivas de autoagressão. “Ela teve acesso ao meu celular e começou a passar mensagens pra mim, fotos perturbadoras, amarrando lençol e corda no pescoço. Entrei em pânico”, lembrou ele.

O assédio se intensificou, com a mulher enviando até 1.300 mensagens e fazendo mais de 500 ligações em um único dia. Apesar de trocar de número várias vezes, o médico desistiu dessa estratégia após perceber que Kawara conseguia descobrir seus novos contatos com facilidade.

A situação se agravou a ponto de Kawara ligar para a esposa e o filho do médico. Após investigação, o inquérito policial foi concluído, e ela foi denunciada pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) pelos crimes de stalking, descumprimento de medidas protetivas e roubo.
Medidas da Polícia

A Polícia Civil de Minas Gerais informou que a prisão foi realizada conforme ordem judicial expedida pela comarca de Ituiutaba. “A PCMG realizou os trabalhos de polícia judiciária cabíveis e encaminhou a envolvida ao sistema prisional. Ela segue à disposição da Justiça”, declarou a corporação.

Stalking: Crime e Punição

O crime de stalking, definido como a perseguição reiterada que ameaça a integridade física ou psicológica de alguém, restringe sua capacidade de locomoção ou invade sua privacidade, é punível com reclusão de 6 meses a 2 anos, além de multa. Este caso ressalta a importância de identificar e denunciar comportamentos abusivos e invasivos, protegendo as vítimas e aplicando a lei rigorosamente.

Fonte: Guia Muriaé, com informações do BHAZ

WhatsApp Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754
Seguir o Guia Muriaé no Google News
📲 Acompanhe o GUIA MURIAÉ - Facebook / Instagram / Telegram / Threads / TikTok / Twitter / YouTube / WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Guia Muriaé no WhatsApp
Botão Voltar ao topo