Operação Desamparo resulta na prisão de 20 pessoas na Zona da Mata

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) realizou, na manhã da última sexta-feira (9), a operação Desamparo, com o objetivo de combater o tráfico de drogas e de armas, principalmente nas cidades de Amparo do Serra, Ponte Nova e Oratórios, na Zona da Mata.

Durante os trabalhos, foram cumpridos 16 mandados de prisão e quatro pessoas foram presas em flagrantes. Ainda, foi apreendido um revólver, munições e maconha.

Segundo apurado, devido à repressão ao tráfico de drogas em Ponte Nova, suspeitos que atuavam na cidade teriam se deslocado a municípios menores. No entanto, o delegado Silvério Aguiar garante que a PCMG continuará atuando em toda a região para garantir a segurança da população.

O nome da operação, inclusive, faz referência ao município de Amparo do Serra, onde as investigações tiveram início. “É também uma forma de comunicar às cidades vizinhas de Ponte Nova que a Polícia Civil está atenta à criminalidade em toda a região, e que, de forma nenhuma, essas pessoas (a população) estão desamparadas”, completa.

De acordo com as investigações, o líder do tráfico de drogas, que se encontra no sistema prisional, continuaria gerenciando o tráfico. O suspeito ainda seria responsável por um motim ocorrido na unidade prisional em Ponte Nova. “Essa operação é resultado do constante intercâmbio de informações entre a Polícia Penal e a Polícia Civil, que juntas têm trabalhado para uma sociedade mais segura”, ressalta o delegado.

A ação contou com a colaboração de aproximadamente 100 policiais civis da Delegacia Regional de Polícia Civil em Ponte Nova, com o apoio das regionais em Itabira, João Monlevade, Manhuaçu, Caratinga e Viçosa, além da Delegacia de Polícia Civil em Mariana. A operação também teve participação da Coordenação Aerotática (CAT).

Fonte: PCMG


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre