Polícia Civil desvenda morte misteriosta de jovem em Divino; três pessoas foram presas

Nessa quinta-feira (5), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), através da 37ª Delegacia de Polícia de Divino, realizou operação policial que desvendou a morte de um jovem na zona rural de Divino.

Durante a ação foram cumpridos três mandados de prisão preventiva em desfavor de dois homens, 20 e 26 anos, e uma mulher de 40 anos que é esposa deste último. Todos são suspeitos do latrocínio (roubo seguido de morte) que tirou a vida de Fabrício Rodrigues Marçal, de 22 anos.

Além dos três presos, um quarto adulto também foi conduzido para a Delegacia de Polícia, sendo apurado que ele tinha 17 anos à época dos fatos e inclusive já cumpre medida socioeducativa de internação na cidade de Muriaé pela prática de outro ato infracional.

O crime foi registrado em julho de 2018 depois do corpo de Fabrício ser encontrado por moradores em uma estrada vicinal no Córrego Taquaraçu, zona rural de Divino, com duas perfurações por arma de fogo na região abdominal, além de terem sido encontradas partes de uma motocicleta ao lado do corpo.

A motivação do crime era tratada como misteriosa no município de Divino, já que a vítima trabalhava como entregador de uma farmácia e, segundo familiares e amigos, não tinha inimigos.

A Polícia Civil instaurou inquérito policial e no decorrer da apuração conseguiu descartar a linha de investigação inicial que apontava para uma suposta emboscada, depois de a vítima ter saído em sua motocicleta para prestar auxílio a um colega.

Durante os trabalhos de polícia judiciária e utilizando-se de técnicas investigativas, a Polícia Civil conseguiu chegar aos quatro suspeitos, além de ter apurado a mecânica do crime e sua motivação.

De acordo com o delegado Rômulo Segantini, atual responsável pelo caso, os presos são dos municípios de Fervedouro e Carangola, onde já são conhecidos no meio policial pela suspeita de envolvimento em diversos crimes violentos e com o tráfico de drogas.

A autoridade policial destacou que eles foram interrogados e confessaram suas respectivas participações no crime, bem como esclareceram que já saíram da cidade de Fervedouro em um carro – já identificado nas investigações – com a intenção de roubarem uma motocicleta para quitar dívida de drogas.

Segundo os suspeitos, o motociclista estava parado na estrada e ao ser abordado, tentou ligar a moto para fugir. Em razão disso um dos autores efetuou um disparo para o alto e mais dois tiros na direção da vítima que após ser atingida teve a motocicleta roubada.

A exitosa operação policial contou com a participação de policiais civis das delegacias de Divino, Fervedouro e Carangola.

Fonte: PCMG


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo