Home / Notícias / Região / Protesto de moradores fecha BR 116 por dez horas na altura de Vilanova, distrito de Manhuaçu

Protesto de moradores fecha BR 116 por dez horas na altura de Vilanova, distrito de Manhuaçu

Centenas de vilanovenses realizaram uma manifestação no Km 586 da BR 116 na tarde de quarta-feira (30). O movimento popular durou cerca de dez horas e causou a interdição da rodovia próximo ao trevo de Vilanova, distrito de Manhuaçu, provocando um engarrafamento de aproximadamente 35 Km ultrapassando os limites dos município de São João do Manhuaçu e Santa Bárbara do Leste.




“A manifestação de hoje é uma resposta a outra manifestação que ocorreu alguns meses atrás, após o DNIT ter implantado Lombadas Eletrônicas no local e logo em seguida fez a retirada de um dos quebra-molas ali existentes a vários anos, fruto de uma luta, um grito, um apelo por segurança e pela vida.” disse um popular.

Há alguns meses atrás a população iniciou um movimento bloqueando a rodovia exigindo a recolocação do quebra-molas retirado. Durante esta primeira manifestação houve um acordo entre as autoridades locais e do DNIT onde este órgão se prontificou em resolver o problema e dar uma atenção especial para a comunidade de Vilanova.

Contrariando o desejo de toda a comunidade vilanovense, na quarta-feira, por volta das 08h da manhã, acatando ordens superiores, funcionários que realizam a manutenção do trecho da rodovia, chegaram ao local e iniciaram a retirada do segundo e último quebra-molas, motivo que causou a revolta da comunidade, população que até esta data aguardava a recolocação do primeiro quebra-molas que havia sido retirado.




Quando a metade do quebra-molas já havia sido retirado, populares do Distrito de Vilanova deflagraram o movimento com a derrubada de uma árvore de eucalipto que foi utilizada para bloquear a rodovia.

Em seguida atearam fogo em pneus, e arrancaram alguns equipamentos que compunham o sistema de Lombada Eletrônica, equipamento este, que segundo os populares só servem para arrecadar dinheiro através de multas, pois não proporcionam nenhuma segurança ao pedestre.




Muitos moradores reclamam da velocidade com que os veículos passam no local o que vem dificultando a travessia de pedestres que necessitam atravessar a rodovia diuturnamente, pois precisam utilizar do sistema de transporte coletivo, principalmente os idosos e crianças.

A Polícia Rodoviária Federal, como na primeira ocasião, mais uma vez esteve no local, a todo o momento acompanhou a manifestação da população de maneira extremamente profissional, negociando com a comunidade de fato demonstrando interesse em solucionar pacificamente o movimento.

Entre as autoridades presentes na manifestação compareceram o Vereador Gilsinho e o Vereador Cabo Anízio que se encontravam em diligências em Manhuaçu e tão logo tomaram conhecimento dos fatos se deslocaram para o distrito de Vilanova. No local na tentativa de negociar com o representante do DNIT, fizeram diversas ligações para o escritório sede do DNIT em Caratinga, porém não foram atendidos.

Entretanto, os populares seguiram firmes no propósito de que fossem retiradas as lombadas eletrônicas e continuaram a exigir a recolocação dos quebra-molas exibindo cartazes esperando uma resposta que atendesse suas reinvidicações.

Somente a noite, por volta das 23h, após intensa negociação entre os Agentes da Polícia Rodoviária Federal e de populares do distrito, a rodovia foi liberada, tendo na ocasião comparecido no local uma unidade do Corpo de Bombeiros que apagou as chamas dos pneus, serraram os galhos das árvores e retiram todo o material da pista com a ajuda de alguns moradores.

Ficou acertado entre as autoridades municipais que logo pela manhã os quebra-molas seriam recolocados, pois o asfalto para confeccioná-los inclusive já havia sido doado pela Empresa Alfa Asfaltos.

Ansiosos os moradores de Vilanova deixaram o local na expectativa de que o problema tenha chegado ao fim, que cenas como essa não se repitam novamente, que as autoridades e órgãos competentes tenham serenidade para ouvir as comunidades que margeiam as Rodovias do nosso país, pois elas são as maiores vítimas de nossas estradas.

Fonte e foto: Portal Vilanova

Confira também

Polícia Civil prende radialista por estupro de mulher e adolescente

Após quase dois meses de investigações, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu, nessa …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *