Serviço de alerta para desastres naturais passa a funcionar em Minas



A população dos estados de Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso do Sul passam a receber, nesta segunda-feira (15), avisos por SMS em caso de desastres naturais. O serviço tem como objetivo orientar quanto aos procedimentos a serem adotados diante do risco de inundações, alagamentos, temporais ou deslizamentos de terra, entre outras ocorrências.

A mensagem de cadastro começa a ser enviada a partir do dia 15 de janeiro, para todos os telefones celulares ativos nos três estados. O morador que, eventualmente, não receber o SMS, pode ele mesmo enviar o número de seu CEP para o telefone 40199, por mensagem gratuita, e solicitar sua adesão. Para quem receber o SMS, basta responder a mensagem com o número de CEP. Após o cadastro, o celular já estará apto para receber alertas da Defesa Civil. A qualquer momento, se o usuário desejar, também é possível cancelar o serviço por mensagem de texto.

Os alertas serão produzidos e enviados pelo Centro de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), em parceria com os órgãos de Defesa Civil de estados e municípios, assim que forem identificadas situações de riscos que possam acarretar em desastres naturais.

Até março, o serviço que é gratuito estará disponível em todos os estados e o Distrito Federal, coordenado pelo Ministério da Integração Nacional em parceria com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e operadoras de telefonia móvel. Essa é a quarta fase de implantação do serviço, que já está em pleno funcionamento nos estados do Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Rio Grande do Sul.

Fonte: Agência Brasil

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.