Volta às aulas em Minas será ainda no primeiro semestre

O Secretário de Saúde de Minas Gerais, Fábio Baccheretti, afirmou que a volta às aulas em Minas deve acontecer ainda no primeiro semestre deste ano.

A declaração foi dada em entrevista ao programa Café com Política, da Rádio Super Notícia, de Belo Horizonte. De acordo com o secretário, a posição do Estado é que as escolas devem retornar o mais rápido possível, com todos os protocolos de segurança possíveis.

O secretário afirmou que o Estado passa por um momento de queda de casos do covid-19 e que é possível voltar a pensar no retorno às aulas presenciais, principalmente a educação infantil.

– Se forem estabelecidos protocolos, o ganho para as crianças é muito maior – afirmou o secretário, citando experiências no mundo inteiro que mostram que, no caso da educação infantil, há um prejuízo menor em voltar do que em não voltar.

O secretário afirmou que a escola infantil deve retornar com as aulas presenciais o mais rápido possível, com todos os protocolos de segurança possíveis previstos no Minas Consciente. A expectativa é a liberação das aulas nas cidades que estão na Onda Amarela do programa.

Vacinação dos professores

Outro ponto tratado na entrevista foi a vacinação dos professores. O secretário afirmou que o Estado aguarda autorização do Governo Federal para antecipar a vacinação de professores.

“Não é hora das famílias se juntarem”, alerta Baccheretti sobre Dia das Mães

O secretário ainda chamou a atenção dos mineiros para possíveis reuniões familiares em virtude do Dia das Mães.

– Não é hora de aglomerar, dos núcleos familiares se juntarem. É hora da gente continuar tomando os cuidados para que daqui a pouco a gente tente recuperar a rotina. Todos estamos com saudade daquele tempo, mas para a gente voltar a ter aqueles momentos, esse momento é de cuidado, de seguir à risca todos os protocolos que falamos sempre. No Dia das Mães, vamos preservar as mães de todo mundo. Vamos lembrar que é o último Dia das Mães com grande restrição. Ano que vem, em maio do ano que vem, todos estarão vacinados. Todos poderão encontrar as suas mães com mais tranquilidade – alertou.

Fonte: Guia Muriaé, com informações do Jornal O Tempo


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo