Juiz natural de Muriaé suspende a posse de Lula na Casa Civil

Nascido em Muriaé, o juiz federal Itagiba Catta Preta Neto, da 4ª Vara do Distrito Federal, suspendeu a posse do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na chefia da Casa Civil. Lula tomou posse durante cerimônia realizada na manhã desta quinta-feira (17), no Palácio do Planalto, em Brasília. Itagiba deferiu uma liminar do advogado Enio Meregalli Júnior, mas cabe recurso ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1).

Em entrevista ao G1, Itagiba falou sobre a decisão. “Juiz não é cego nem surdo para o que está acontecendo. E ontem [quarta] o país inteiro viu que existe uma clara intenção do ex-presidente da República, e talvez até da atual presidente da República, de intervir no Poder Judiciário. Isso é inadmissível, isso não pode ser permitido de forma alguma”, disse.

Itagiba é filho de Itabajara Catta Preta e Elsina Del-Penho Catta Preta. Formado em bacharel em Direito pelo Centro Universitário de Brasília, Itagiba concluiu o Mestrado na Universidade de Brasília. Trabalhou como Procurador no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), foi Procurador no Distrito Federal e desde novembro de 1995 atua como Juiz Federal pela Justiça Federal do Distrito Federal.

Magistrado mandou indenizar caseiro no caso Palocci

Em 2010, em outro caso de grande repercussão nacional, Itagiba condenou a Caixa Econômica Federal a indenizar o caseiro Francenildo dos Santos Costa em R$ 500 mil por danos morais por quebra do sigilo bancário em 2006, depois de acusar Antonio Palocci de frequentar a mansão da qual era caseiro, juntamente com lobistas e garotas de programa.

Fonte: Guia Muriaé, com informações do G1 e CBN


2 Comentários

  1. Parabéns, Muriaé, por tão ilustre filho!!!…Este fez renascer em mim, o orgulho ser ser Mineira da Zona da Mata!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre