Home / Notícias / Cidade / Muriaé sedia a 2ª Conferência Regional de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT

Muriaé sedia a 2ª Conferência Regional de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT

A Organização LGBT de Muriaé, através da Rede da Diversidade, realizará no dia 12 de setembro (sábado), a partir das 13 horas, no Grande Hotel Muriahé, a 2ª Conferência Regional de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT. A conferência terá como tema “Por um Brasil que criminalize a violência contra Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT)”.

As conferências são importantes instrumentos de participação popular na construção e no acompanhamento de políticas públicas. São espaços amplos de democracia participativa que reúnem representantes do governo e da população para debater desafios da sociedade e decidir prioridades para o desenvolvimento de políticas públicas do Estado. Os participantes são atores envolvidos com o tema e empregam esforços na construção de ações cada vez mais amplas para uma sociedade mais justa e igualitária.

As conferências com a temática LGBT abrem a possibilidade de os movimentos sociais e a população em geral debaterem formas de combater a violência, o preconceito e a discriminação contra LGBT. Além de propor políticas públicas que busquem a ampliação dos direitos nas áreas da saúde, educação, trabalho, lazer, segurança, cultura, turismo, entre outras. A intolerância marginaliza e exclui a população LGBT da cidadania e dos direitos. Por isso, o debate é fundamental para formular políticas públicas que alcancem essa população.




Segundo o estudo do Grupo Gay da Bahia, realizado em 2013, pelo menos 313 gays, lésbicas e travestis brasileiros foram assassinados em 2013, sendo 25 em Minas Gerais. O Brasil segue como campeão mundial em homicídios de homossexuais: de cada cinco gays ou transgêneros assassinados no mundo, quatro são brasileiros. De acordo com dados do Disque 100, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), de 2011 a 2014 foram registradas 7.649 denúncias de homofobia, sendo aproximadamente 16% contra travestis e transexuais. Esses números tornam urgente o debate sobre a questão LGBT no Brasil.

A participação neste encontro é pré-requisito para garantir a presença no encontro estadual, pois as conferências municipais elegem os delegados que participarão da conferência estadual. Os assuntos discutidos e deliberados nas etapas municipais também são levados para a etapa estadual e, posteriormente, para a conferência nacional, marcada para 2016.

A conferência regional conta com a participação de 20 municípios, sendo: Antônio Prado de Minas, Barão do Monte Alto, Caiana, Carangola, Divino, Espera Feliz, Eugenópolis, Faria Lemos, Fervedouro, Miradouro, Miraí, Muriaé, Orizânia, Patrocínio do Muriaé, Pedra Dourada, Rosário da Limeira, São Francisco de Glória, São Sebastião da Vargem Alegre, Tombos e Vieiras.




Participar é a melhor garantia dos nossos direitos! Entre em contato com a Organização LGBT de Muriaé pelo email [email protected] para maiores informações.

Fonte: Organização LGBT de Muriaé / Rede da Diversidade




Confira também

Prefeitura de Muriaé promove ações de acolhimento e cuidado de animais abandonados

O resgate dos animais de rua e as ações de cuidado – castração e vacinação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *