Home / Notícias / Policiais / Suspeitos do caso do homem que foi esquartejado e jogado no Rio Muriaé são apresentados

Suspeitos do caso do homem que foi esquartejado e jogado no Rio Muriaé são apresentados


A Polícia Civil de Muriaé apresentou, na manhã desta quinta-feira (24), os suspeitos de participarem no crime de esquartejamento de Wendel Correa de Almeida, 37 anos, vulgo “Cabeção”.

O caso aconteceu no fim do mês de setembro, no dia 26, o corpo de um homem foi encontrado esquartejado no Rio Muriaé, na altura da Estrada do Ivaí, a cerca de 3 Km do bairro Santo Antônio. Parentes da vítima reconheceram o corpo no Instituto Médico Legal devido a sinais particulares. O reconhecimento será comprovado agora através exame de DNA.

O crime teria sido motivado pelo fato de Wendel, que era usuário de drogas, ter encontrado uma certa quantidade de drogas, que seria de um traficante, e passou a trocá-la e a distribuí-la. A notícia se espalhou e o fato acabou motivando o crime.




Durante as investigações, a Polícia Civil chegou a nove suspeitos de participação no crime, sendo dois deles menores. Cinco suspeitos tiveram prisão preventiva decretada, incluindo uma mulher. Eles vão responder por homicídio triplamente qualificado e poderão responder também por formação de quadrilha, sendo que um deles ainda poderá responder por tráfico de drogas.

As investigações do caso foram realizadas pela equipe do Dr. Rangel Matinho, trabalharam no caso os investigadores Dutra, Evandro e George, que contaram com o apoio fundamental da Polícia Militar, que efetivamente prendeu os envolvidos.

Fonte e foto: Guia Muriaé

Confira também

Jovem é preso após furto em loja em Muriaé

Um jovem de 28 anos foi preso, na tarde dessa quinta-feira (16), pelo crime de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *