Home / Notícias / Política / TRE determina retirada de pesquisa eleitoral falsa de Cataguases no Facebook

TRE determina retirada de pesquisa eleitoral falsa de Cataguases no Facebook


Uma liminar da juíza eleitoral Christina Bini Lasmar determinou a retirada de uma falsa pesquisa, sobre as eleições 2012 de Cataguases, da rede social Facebook, nesta quarta-feira (12/9). A análise eleitoral não tinha registro na Justiça, como determina a legislação.

A magistrada deferiu a representação da coligação Juntos por Cataguases, do prefeito do município e candidato à reeleição, Wilian Lobo (PSDB), ao Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG), a qual afirmava que o Ipeso – Instituto de Pesquisa, Estudos e Estatísticas Sociais, citado como o realizador da pesquisa, não desempenhou a análise. O documento solicitava a imediata exclusão na rede social e de todas as páginas onde foi veiculada.




De acordo com Christina, “os documentos acostados à inicial não deixam dúvidas quanto a indevida divulgação da pesquisa não realizada e tampouco registrada”. Em sua sentença, ela determinou que a pesquisa fosse retirada do ar em um prazo de 24 horas a contar da expedição daquela liminar “sob pena de multa diária de R$ 5 mil”. A juíza também proibiu o autor da publicação de divulgar, de forma impressa, a análise eleitoral falsa. A multa é de R$ 5 mil por dia, caso haja publicação.

Fonte: Estado de Minas

Confira também

PSDB oficializa pré-candidatura de Geraldo Alckmin à Presidência da República

O PSDB confirmou nesta terça-feira (20) a pré-candidatura de Geraldo Alckmin à Presidência da República. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *