Home / Notícias / Região / Aposentada cai em golpe de falso militar americano e perde R$ 190 mil

Aposentada cai em golpe de falso militar americano e perde R$ 190 mil

Scammers são perfis falsos em redes sociais que têm como objetivo seduzir pessoas e aplicar golpes financeiros. No Brasil, as mulheres são as principais vítimas de Scammers. Na última semana, na cidade de Caratinga, uma mulher procurou a polícia após cair no golpe. Ela perdeu aproximadamente R$ 190.000,00.

Segundo a Polícia Militar, a professora aposentada conheceu o golpista pelo Facebook. As primeiras conversas aconteceram pela rede social e depois pelo WhatsApp. Os dois trocaram mensagens por cerca de 45 dias, tempo suficiente para que o golpista, que dizia ser um militar americano morando no Afeganistão, ganhasse a confiança da vítima. Ao perceber que a mulher já estava envolvida, veio o golpe.

A nossa equipe de reportagem teve acesso à parte da conversa. Sempre carinhoso e dizendo que queria casar com ela e que havia recebido um dinheiro, e que por confiar inteiramente nela, lhe enviaria a quantia para que ela aplicasse até quando eles casassem. No texto, o golpista, que atende pelo nome de Gregory, diz que se enviasse o dinheiro para os Estados Unidades, 60% seria retido como impostos. Com a suposta chegada do valor no Brasil, a vítima recebe uma ligação falsa, que seria de um agente da alfândega, dizendo que precisaria fazer um depósito para o dinheiro ser liberado.




A vítima informou que o golpista que se passou por agente da Receita Federal ligou outras vezes, informando que novos depósitos deveriam ser feitos pela vítima. Desta forma, vários outros depósitos foram feitos até chegar a quantia de R$ 190.000,00. O golpista disse a vítima que havia lhe enviado a quantia de US$ 400.000,00.

O sargento Sanches deixou um alerta para todo população sobre relacionamentos virtuais, ressaltando que qualquer pedido de dinheiro deve ser imediatamente considerado suspeito, pois certamente se trata de um golpe.

As pessoas devem estar atentas a outras modalidades de golpe, como falsos sequestros, familiares pedindo ajuda, depósitos para liberação de prêmios, entre outros.




Segundo o sargento Sanches, a vítima procurou a polícia para registrar a ocorrência. Porém, de acordo com o policial, localizar estes criminosos e recuperar a quantia, é praticamente impossível.

Fonte: Portal Caparaó





Confira também

Viçosa tem processo seletivo com 10 vagas e salários de quase R$ 8 mil

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Viçosa abriu processo seletivo destinado ao …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Experimentoe o Novo Livre