Home / Notícias / Região / Bombeiros suspendem buscas por adolescente desaparecido no Rio Pomba

Bombeiros suspendem buscas por adolescente desaparecido no Rio Pomba

Foto: Marcelo Lopes
O 4º Pelotão do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, com sede em Leopoldina, divulgou nota na tarde desta sexta-feira (1º), informando a suspensão das buscas do adolescente que está desaparecido desde o último dia 22 de fevereiro.

De acordo com a corporação. a chegada do Carnaval demanda maior efetivo dos militares. O jovem reside na comunidade conhecida como Goiabal, que pertence a Cataguases, e teria saído de casa para pescar no Rio Pomba que fica próximo à sua residência. Desde então, não retornou para casa e nem deu notícias.

Segundo familiares, o adolescente rotineiramente pescava no local onde suspeita-se teria se afogado. As buscas começaram na manhã do dia seguinte, com o apoio da Defesa Civil de Cataguases, e seguiram exaustivamente, conforme salienta a nota da corporação, “do ponto de afogamento em direção ao perímetro urbano do município, não logrando êxito até o presente momento”.




De acordo ainda com o Corpo de Bombeiros, “a prática nos mostra que, dada a temperatura elevada que se manifestou nos últimos dias, já era de se esperar que há muito o corpo houvesse vindo à tona, porém, não obstante os empenhos que se iniciaram na noite de 22/02/2019, o sucesso na recuperação do corpo não foi alcançado.”

A nota ressalta que o Rio Pomba em direção a região urbana da cidade é “densamente ladeado por residências, o que torna improvável que o afloramento do corpo passasse despercebido.”

Veja a íntegra da nota divulgada pelo 4º Pelotão do Corpo de Bombeiros Militar de Leopoldina:




Na data de 22/02/2018, por volta das 21:00h, o 4º Pelotão BM – Leopoldina foi acionado para recuperação do corpo de um jovem de 16 anos de idade que, após ter sido considerado com destino desconhecido e suas roupas terem sido encontradas às margens do Rio Pomba, foi dado como afogado no referido corpo d’água, na localidade conhecida como Sítio Porto Rico, no município de Cataguases. Familiares disseram que o adolescente rotineiramente pescava no ponto de afogamento.

Guarnições BM, conjuntamente à Defesa Civil Municipal, realizaram exaustivas buscas do ponto de afogamento em direção ao perímetro urbano do município, não logrando êxito até o presente momento da data de hoje – 01/03/2018.




A prática nos mostra que, dada a temperatura elevada que se manifestou nos últimos dias, já era de se esperar que há muito o corpo houvesse vindo à tona, porém, não obstante os empenhos que se iniciaram na noite de 22/02/2018 (Sexta-feira), o sucesso na recuperação do corpo não foi alcançado.

Cabe ressaltar que o trajeto do Rio Pomba em perímetro urbano é densamente ladeado por residências, o que torna improvável que o afloramento do corpo passasse despercebido.

Considerando o exposto, a não obtenção do resultado pretendido, o período prolongado das buscas e o efetivo disponível frente ao período Carnavalesco que muito nos demanda e se inicia hoje, as buscas serão interrompidas e a Defesa Civil Municipal seguirá no monitoramento e, caso se faça necessário, nos acionarão para um deslocamento que se dará de maneira imediata.

Nos consternamos com a dor dos familiares, porém dado o tempo de empenho de nossos militares, a área varrida em busca e a necessidade de atendermos às demandas oriundas do período Carnavalesco, iremos cessar as buscas nos mantendo em estreito contato com a Defesa Civil do município de Cataguases.

Fonte: Marcelo Lopes

Confira também

Mulher é atacada por cobra urutu-cruzeiro

Uma mulher de 35 anos foi atacada por uma cobra venenosa, na noite dessa sexta-feira …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *