Edital de concurso Agente Penitenciário MG abre 4 mil vagas de nível médio; salários de R$ 4 mil

blankFoi divulgado nesta quarta-feira (17) o edital do processo seletivo da Secretaria de Estado de Administração Prisional de Minas Gerais (SEAP-MG) para o cargo de Agente de Segurança Penitenciário. São 4 mil vagas em cadastro de reserva. A remuneração é de R$ 4.098,45.

São 3.132 vagas para o sexo masculino e 868 para o sexo feminino. A carga horária é de 40 horas semanais, em regime de dedicação exclusiva, podendo ser desempenhada em regime de plantão, incluindo o período noturno, sábados, domingos e feriados.

Há vagas para as seguintes Regiões Integradas de Segurança Pública (RISP): Belo Horizonte, Contagem, Vespasiano, Juiz de Fora, Uberaba, Lavras, Divinópolis, Governador Valadares, Uberlândia, Patos de Minas, Montes Claros, Ipatinga, Barbacena, Curvelo, Teófilo Otoni, Unaí, Pouso Alegre e Poços de Caldas.

Entre as funções a serem desempenhadas, o agente é responsável por escoltar e exercer custódia de presos, bem como de transferências interestaduais ou entre unidades no interior do Estado; realizar buscas periódicas nas celas; realizar revistas nos familiares e visitantes dos presos; entre outros.

blank

Para concorrer, entre os requisitos é preciso ter 18 anos completos na data da contratação, ensino médio completo, estar em dia com as obrigações eleitorais, estar quite com o Serviço Militar (no caso de candidatos do sexo masculino) e não possuir registro de antecedentes criminais nos últimos cinco anos.

As inscrições poderão ser realizadas no período entre às 10h do dia 17 de outubro até às 23h59 do dia 31 de outubro de 2018, pelo site www.ibfc.org.br. A taxa de inscrição é de R$ 84,00.

A prova objetiva será aplicada no dia 18 de novembro de 2018. A prova terá 50 questões, entre as disciplinas de Língua Portuguesa, Direitos Humanos, Código de Ética e Estatuto do Servidor Público do Estado de Minas Gerais e Conhecimentos Específicos.

Além da prova objetiva, a primeira etapa do certame terá análise de títulos. Nas fases seguintes, os candidatos passam ainda por avaliação psicológica e comprovação de idoneidade e conduta ilibada (investigação social), até chegar ao curso de formação.

Confira o edital aqui.

Fonte: Guia Muriaé


2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre