Jovem ataca PMs e acaba baleado e preso em Carangola



Uma ocorrência policial terminou com um jovem de 22 anos baleado no pé e preso pela Polícia Militar em Carangola.

A ocorrência teve início na madrugada de domingo (10), após denúncia de que o jovem preso teria agredido e tentado esfaquear um homem em um trailer na localidade de Lacerdinha. A vítima, que levou um soco no nariz, contou aos policiais, que o rapaz pediu a motocicleta que estava com ele e o atacou depois que o mesmo negou entregar o veículo.

De acordo com o registro da PM, populares interviram e a vítima correu, tendo o suspeito a perseguido na motocicleta e a ameaçado. Em seguida, o autor foi para a casa de um parente.




Os militares foram para o endereço onde o jovem estava e, ao perceber a chegada da equipe, ele foi para o quintal do imóvel e de lá portando uma faca, um porrete e uma enxadinha ameaçou os policiais, desafiando-os a entrar para pegá-lo. Na sequência, ele desapareceu pelos fundos da casa e depois surgiu correndo e atacou os policiais.

A guarnição usou um bastão para tentar conter a agressão do autor, mas o mesmo se mostrava incontrolável e golpeou a mão de um dos militares, este o atingiu com um tiro no pé esquerdo. Ainda assim, o agressor investiu contra a equipe e precisou ser dominado com uso de força, sendo encaminhado para atendimento médico, bem como o policial atingido na mão e a vítima que foi agredida com um soco no nariz, no trailer.

O autor e os materiais apreendidos foram encaminhadas a Delegacia de Plantão em Muriaé. Segundo informações da PM, o jovem preso saiu da cadeia em novembro de 2017 e desde então tem se envolvido em diversos delitos. Ele já havia sido detido no sábado (9), portando um porrete, ocasião na qual também resistiu à prisão.

Fonte: Guia Muriaé

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.