Muriaé investe em Saúde mais do que é exigido por lei



Apesar do atraso nos repasses por parte do Governo do Estado, Muriaé tem investido em Saúde mais do que exigido pela legislação, que determina que os municípios apliquem o percentual mínimo de 15% de sua arrecadação nesta área. Com recursos próprios, a Prefeitura tem utilizado 22% de sua verba na saúde, para aprimorar os serviços prestados e proporcionar mais qualidade de vida aos muriaeenses.

O investimento no setor compreende obras, folha de pagamento de pessoal, repasse de recursos no valor de R$ 340 mil mensais ao Hospital São Paulo, judicialização da saúde, entre outros. Este percentual de 22% é calculado com base nos recursos aplicados entre os meses de janeiro e abril deste ano. A previsão é que esse número possa aumentar ainda mais até o final de 2018.




O prefeito Grego destaca que saúde é prioridade da Administração. “Apesar da crise financeira que atinge milhares de cidades pelo país e do atraso de repasses de recursos, estamos ampliando o atendimento aos muriaeenses. Tudo isso é possível graças a uma gestão séria e eficiente, a fim de oferecer mais qualidade de vida ao nosso povo”, afirma.

Fonte: PMM

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.