Home / Notícias / Saúde e Bem-Estar / Prefeitura de Muriaé vai ampliar atendimento a dependentes químicos

Prefeitura de Muriaé vai ampliar atendimento a dependentes químicos

Novos convênios deverão surgir para ampliar o tratamento de dependentes químicos e pacientes de saúde mental em Muriaé. A Prefeitura e Gerência Regional de Saúde (GRS) de Ubá estiveram reunidos, no último dia 15, para articular a implantação de um Centro de Apoio Psicossocial Álcool e Drogas III (CAPS AD III), a criação de uma Unidade de Acolhimento (AU) e de um Ambulatório de Atendimento à Saúde Mental Infantil. Os serviços deverão ser instalados na cidade nos próximos meses, com o objetivo de oferecer assistência 24 horas aos dependentes e ampliar o acolhimento às pessoas com doenças mentais e ao público infantil.




A intenção de aumentar a cobertura da saúde mental em Muriaé para 24h/dia foi discutida na reunião realizada na GRS-Ubá. Estiveram presentes os representantes da Secretaria de Saúde de Muriaé, o secretário Adjunto Wescley de Souza e a coordenadora da Saúde Mental, Cintia Múglia, juntamente com o promotor Estadual de Justiça e Saúde, Rodrigo de Barros, e a diretora regional de Referência em Saúde Mental, Fabiana Érica. O encontro serviu para definir a ampliação das ações assistenciais a serem implantadas, assim como as principais maneiras de alcançarem as parcerias do Governo Federal.

A Prefeitura vem articulando parcerias com o Ministério da Saúde para ampliar os atendimentos no município. O CAPS AD II (álcool e drogas) e CAPS II (transtornos mentais) precisaram ser reestruturados para que o programa viesse a receber os recursos necessários ao bom desempenho das atividades. “Hoje estamos com equipes completas, capacitadas, com as devidas medicações e possuímos uma estrutura pronta para oferecer serviço de qualidade. Faltam alguns dispositivos para envolver amplamente o serviço de tratamento mental, que serão as nossas próximas conquistas, como a atenção à população de rua. Precisamos de um serviço 24 horas para ajudar as pessoas em situação de risco, devido ao uso de álcool e drogas”, explicou a coordenadora de Saúde Mental, Cintia Múglia.

Gerência Regional de Saúde de Ubá elogia investimentos na saúde mental em Muriaé

A diretora da Referência em Saúde Mental na região, Fabiana Érica, apresentou um parecer sobre a evolução da saúde mental na cidade. “Do ano passado para cá, os serviços que envolvem a saúde mental de Muriaé melhoraram muito. Os CAPS estão mais completos. Houve mais investimento em profissionais que zelam pela parte mental dos pacientes, assim como melhoraram os imóveis nos quais estão instalados o CAPS II e o CAPS AD. Ambientes amplos, acolhedores e que oferecem a oportunidade de desenvolvimento de novos tipos de ações e oficinas para os participantes. Com esta eficácia, diminuíram as internações em clínicas psiquiátricas e hospitais. Saldo positivo para a saúde de Muriaé”, enfatizou a diretora.

O novo dispositivo que será implantado na cidade atenderá os pacientes dependentes de álcool e drogas 24 horas por dia. A Administração buscará um espaço funcional para oferecer a nova assistência. “Vamos implantar o serviço em Muriaé nos próximos meses. Contaremos com a ajuda do promotor Estadual de Justiça e Saúde, Rodrigo de Barros, e com o apoio da diretora da Referência em Saúde Mental, Fabiana Érica. Vamos oferecer para os pacientes da saúde mental a assistência em horário integral, dia e noite, retirando os dependentes de álcool e drogas das ruas de nossa cidade e promovendo novas oportunidades de vida para eles”, noticiou o prefeito Grego.

Fonte: PMM

Confira também

Palestras comemoram Dia Nacional de Conscientização do Alzheimer em Muriaé

Celebrado em 21 de setembro, o Dia Nacional de Conscientização do Alzheimer foi comemorado em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *