Home / Colunas / Seliane Ventura / Coluna da Seliane Ventura – Qualidade no atendimento: estou prezando por ela?

Coluna da Seliane Ventura – Qualidade no atendimento: estou prezando por ela?

Quando falamos de qualidade no atendimento, às vezes, nem nos damos conta de que é um conjunto de ações que fazem toda a diferença. São pequenas coisas, mas que juntas compõem o que chamamos de qualidade no atendimento. Existem alguns quesitos importantes que nunca devemos nos esquecer, são coisas simples, mas essenciais.

Primeiramente devemos pensar em um vestuário adequado e aqui não estou falando de roupas de marcas, mas roupas adequadas para um ambiente de trabalho, ou seja, que não tenham decotes, nem sejam curtas, extravagantes. Também devemos pensar em um vocabulário adequado, acessível a todos, uma linguagem clara. Ter um contato visual apropriado, que significa parar e olhar para quem estamos atendendo. Ser simpático e educado. Ter atenção e saber dar informações sobre nosso trabalho, nosso setor. E não nos esquecermos de ser prestativos. Não são coisas tão difíceis de colocar em prática.




Aquela máxima “faça ao outro o que gostaria que fizesse contigo” é verdadeira. Porque em algum momento também somos público e necessitaremos de algum atendimento. E como gostaríamos de ser atendidos?

Com descaso? Com indiferença? Com falta de educação ou de respeito? Acredito que não.

Então existem algumas perguntinhas importantes que devemos nos fazer no dia-a-dia:




Suas críticas ao atendimento do outro não se aplicam ao seu atendimento?

Será que as críticas que estou fazendo em outros estabelecimentos não são as mesmas críticas que eu estou recebendo no meu trabalho?




Para um amadurecimento profissional precisamos aprender a fazer uma auto avaliação, e através dessa, fazer as mudanças necessárias para o crescimento profissional e pessoal.

São só alguns questionamentos para pensarmos e buscarmos aperfeiçoamento diário.

Gostamos de exigir nossos direitos, então devemos respeitar os direitos dos outros.

Portanto, vamos prezar pela qualidade do nosso trabalho!

Autora: Seliane Ventura – Psicóloga CRP 04/40269 – Psicóloga Clínica e Organizacional, com extensão em Psicologia Hospitalar pela Fundação de Apoio ao Hospital Universitário de Juiz de Fora

Confira também

Coluna da Seliane Ventura – Setembro amarelo passou, a prevenção ao suicídio não

O suicídio atualmente mata mais do que o vírus HIV. Acomete qualquer idade, mas as …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *