Locais públicos deverão garantir intérpretes de LIBRAS em Muriaé

Foi aprovado na Câmara Municipal de Muriaé, na sessão ordinária da última terça-feira (17), um projeto de lei que estabelece diretrizes para a política municipal sobre a utilização da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) em locais públicos.

O projeto, de autoria dos vereadores Ademar Camerino (PROS) e Sargento Joel (PMDB), estabelece que o Poder Executivo poderá, a seu critério, disponibilizar servidores devidamente treinados em LIBRAS em vias e logradouros públicos de grande circulação e com necessidade de atendimento especializado (pessoas com comprometimento de fala ou da audição).

De acordo com o projeto, ficam obrigados as organizações sociais, hospitais, postos de saúde e médicos, os prédios públicos e instituições financeiras, a terem em seu quadro de funcionários pessoal treinado em LIBRAS, em número necessário para atendimento de pessoas surdas e mudas.

Segundo o projeto, todas as audiências públicas realizadas pelo Poder Público deverão ter um profissional de LIBRAS com tradução simultânea da audiência visando a integração das pessoas surdas e mudas.

O projeto agora aguarda sanção ou veto do prefeito Aloysio Aquino.

Fonte: Guia Muriaé


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo