Home / Notícias / Policiais / Muriaeense é internada em estado grave após fazer procedimento estético nos glúteos

Muriaeense é internada em estado grave após fazer procedimento estético nos glúteos

A comerciante Angela Eleiterio Pedrosa, de 25 anos, foi internada em estado grave após passar por procedimento estético para aumentar os glúteos.

Atualmente morando na cidade do Rio de Janeiro, Angela é natural de Muriaé. Ela quis aumentar o bumbum pela segunda vez e se submeteu a aplicações na própria casa, no último dia 17 de outubro. Desde então, ela teve complicações e está internada no Hospital Rocha Faria há 15 dias.




Antes de passar pelo procedimento, ela teria dito a mãe, Ana Claúdia, que faria uma drenagem. A família era contra o aumento dos glúteos.

– Meia hora depois, uma hora mais ou menos, ela falou assim: ‘Mãe, vem aqui que você vai ver um negócio.’ Quando eu entrei, a mulher já estava com aquele monte de agulhas enfiadas nos glúteos”. Passou uma hora, ela falou: ‘Estou sentindo muita dor’. A mulher aplicou vários analgésicos nela, mas não funcionava. Tinha momentos que ela falava que estava ficando surda, e eu cada vez mais apavorada – lembra a mãe de Angela.

O relatório médico mostra que Angela procurou o hospital horas depois da aplicação. Ela entrou na Emergência com infecção grave no bumbum, que virou necrose.

Angela chegou a ser transferida para o Hospital Barata Ribeiro, mas a situação piorou e ela voltou para o Hospital Rocha Faria já com infecção generalizada.

Segundo familiares, uma massoterapeuta conhecida como Simone que fez a aplicação sumiu e a polícia foi acionada. Angela teria feito contato com a autora após ver um anúncio no Facebook.

A Polícia Civil abriu inquérito e a massoterapeuta vai responder pelos delitos de lesão corporal gravíssimo e exercício ilegal da medicina.

Entre abril e outubro deste ano, pelo menos cinco mulheres que se submetram a esse tipo de intervenção no Estado do Rio morreram em consequência da irresponsabilidade dos profissionais a que recorreram.

Assista a reportagem da TV Globo:

Fonte: Guia Muriaé, com informações do G1

Confira também

Policiais militares salvam bebê engasgado em Muriaé

Uma bebê de apenas oito dias de vida foi salva de um engasgo por dois …

Um comentário

  1. Como o próprio apresentador falou, faça o procedimento com pessoas especializadas e não com pessoas sem nenhuma formação e que são aventureiras que na maioria das vezes acabam custando a vida do paciente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *