Dona de boate é morta a tiros em Ervália



Uma mulher de 36 anos foi morta a tiros, na noite dessa quinta-feira (21), na zona rural de Ervália.

Viviane Delgado Tavares estava em sua boate, acompanhada de seu marido, quando, por volta das 20h, adentrou no estabelecimento um homem de arma de fogo em punho, aparentemente um revólver calibre 38, que se aproximou dela e abriu fogo. Viviane teria sido atingida por pelo menos cinco disparos e morreu no local. Após o fato, o autor evadiu do local tomando rumo ignorado.

O marido de Viviane contou à polícia que chegou a pedir para o homem não atirar, mas ele não lhe deu ouvidos. Ele disse ainda que a princípio o objetivo dele era apenas atingir Viviane, pois não mirou nele, que estava bem ao lado de sua companheira quando aconteceram os disparos.




A Polícia Militar segue realizando levantamentos para apurar a autoria do homicídio.

Viviane já havia sofrido uma tentativa de homicídio no final do ano passado. Na ocasião, conforme informado pelo GUIA MURIAÉ, ela foi baleada na cabeça.

Fonte: Guia Muriaé

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.