Subinspetor da Polícia Civil, Max, morre em acidente na BR-262

O subinspetor Maximilano Assereuy Pedroso (Max), da Polícia Civil de Manhumirim, não resistiu ao grave acidente automobilístico ocorrido na noite desta quarta-feira, 23/02, na BR-262, próximo ao trevo de Reduto.

De acordo com levantamentos da equipe do Corpo de Bombeiros de Manhuaçu, que prestou socorro às vítimas, os veículos colidiram frontalmente. Max dirigia um veículo da Polícia Civil e retornava para Manhumirim.

Quando os bombeiros chegaram ao local, constataram que o policial civil se encontrava no interior do veículo, com traumas graves: fratura dupla de fêmur, suspeita de fratura de bacia e trauma de tórax.

O veículo foi aberto com a utilização de equipamentos de desencarceramento e a vítima retirada e imobilizada rapidamente, para transporte à emergência do Hospital César Leite.

Durante o deslocamento, a vítima conversou com a guarnição, porém, já no hospital, veio a óbito devido à gravidade dos ferimentos.

O condutor do outro veículo, Felipe Oliveira Silva, saiu do carro com o auxílio de terceiros e encontrava-se deitado ao solo, consciente e orientado, queixando de dores no joelho direito e pélvis. A vítima foi imobilizada e conduzida pela viatura de resgate ao Hospital César Leite.

Equipes do Corpo de Bombeiros permaneceram no local efetuando os procedimentos de eliminação dos riscos de derrapagem e incêndio e coleta de materiais/equipamentos e informações gerais.

O local ficou sob a responsabilidade da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para as demais providências. A perícia técnica da Polícia Civil foi acionada.

VELÓRIO E SEPULTAMENTO

Por conta de regras de vigilância sanitária, o velório será na capela do Em Vida em Manhumirim, das 14h às 16h, nesta quinta, 24/02.

Fonte: Portal Caparaó

Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo