Governo de Minas aumenta imposto sobre combustíveis



O preço dos combustíveis vai aumentar ainda mais em Minas Gerais. O Governo do Estado aumentou de 29% para 31% a alíquota de ICMS sobre a gasolina e de 14% para 16% o imposto sobre o etanol. A decisão passou a valer a partir do dia 1º de janeiro, mas foi aprovada no dia 1º de junho de 2017.

O diretor do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados do Petróleo do Estado de Minas Gerais (Minaspetro), Braúlio Chaves, afirmou que os repasses já estão chegando aos postos. “O impacto é de mais de R$ 0,12 no preço da gasolina e por volta de R$ 0,08 no etanol”, disse em entrevista ao jornal O Tempo.

O Minaspetro afirma que o Estado está perto de ultrapassar uma carga tributária de 50% sobre os preços dos combustíveis. Segundo a Petrobras, só 29% do preço da gasolina depende dela.




A Secretaria de Estado de Fazenda informa, em nota, que, especificamente no caso do álcool, a nova alíquota visa aproximar o percentual cobrado em Minas Gerais ao de outros Estados.

Saiba como votou cada deputado sobre o aumento do imposto sobre os combustíveis.

Fonte: O Tempo

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.