Edital de concurso público da Emater-MG é republicado com 97 vagas



Após dois anos suspenso, o concurso público da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) será retomado após aprovação Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE-MG).

O novo edital para concurso público foi publicado nessa terça-feira (5), no Diário Oficial do Estado, site da Emater-MG e Jornal Hoje em Dia. O prazo para novas inscrições é de 4 de julho a 10 de agosto de 2018, e as provas estão previstas para o dia 23 de setembro de 2018.

Lançado em 2015, o concurso estava suspenso desde abril de 2016 pelo TCE sob a alegação, especialmente, de inexistência de uma lei aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado (ALMG), instituindo o Quadro de Pessoal e Vagas da empresa. Desde então, a Diretoria Executiva da Emater-MG trabalhou incessantemente para resolver todas as questões apontadas pelo TCE.




O esforço culminou na aprovação pela ALMG, em 19 de dezembro de 2017, do Projeto de Lei 4.851/2017, de iniciativa do governador Fernando Pimentel, que instituiu o referido Quadro de Pessoal e Vagas. Após esta etapa, o presidente da Emater-MG, Glenio Martins de Lima Mariano, solicitou ao TCE a liberação do certame. Em primeiro de fevereiro o TCE decidiu favoravelmente, autorizando a empresa a retomar o concurso, mas condicionando o processo à republicação do edital, com todos os ajustes necessários, abertura de prazo para novas inscrições, além de prazo para devolução dos valores de inscrição para quem desistir do certame.

“Governos passados tiveram situação muito mais favorável para aprovar o Quadro de Pessoal e Vagas, mas, infelizmente, não priorizaram a valorização dos profissionais, nem a estruturação da empresa no médio e longo prazos. O passo que damos agora é mais que uma conquista para o presente, é um legado que deixamos para o futuro. Somos uma das poucas Emateres do país realizando concurso público neste momento crítico, de perda de direitos, pelo qual passa o Brasil”, reforça o presidente Glenio Martins.

A retomada do concurso foi muito aguardada, não só pelos profissionais que pretendem fazer parte da Emater-MG, mas também pelas prefeituras que querem a abertura de novos escritórios da Empresa ou que solicitam a ampliação dos serviços nos municípios pelo interior do estado. O último concurso público da Emater-MG foi realizado há mais de 13 anos, em 2005. O processo é fundamental para recomposição do quadro de profissionais da empresa e, consequentemente, a garantia da assistência técnica pública, gratuita, continuada e de qualidade prestada, sobretudo, aos agricultores familiares.

Detalhes do certame

Todas as informações sobre o concurso podem ser acompanhadas pelo site da Emater-MG, no www.emater.mg.gov.br e também pelo site da Fundação de Apoio e Desenvolvimento da Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (Fadecit): www.gestaodeconcurso.com.br.

As vagas estão nas funções de Assistente Administrativo II (22), Auxiliar Técnico – Suporte em Informática (1), Produtor de VT e Audiovisuais (1), Extensionista Agropecuário I (21), Extensionista Agropecuário II com formação em Engenharia Agronômica (20) e Zootecnista (2), Extensionista de Bem Estar Social II (9), Assistente Técnico I com formação em Administração de Empresas (1), Arquitetura e Urbanismo (1), Ciências Contábeis (5), Ciência e Tecnologia de Laticínios (1), Comunicação Social (1), Designer Gráfico (1), Engenharia de Alimentos (1), Engenharia de Produção (1), Geografia (1), Psicologia (1), Auditor (2), Analista de Sistemas (2) e Assessor Jurídico (3). Os salários oferecidos variam entre R$ 2.330,61 e R$ 5.671,67 e as jornadas semanais de trabalho são de 40 horas.

As lotações vão acontecer nas microrregiões de Alfenas, Belo Horizonte, Curvelo, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Patos de Minas, Pouso Alegre, Teófilo Otoni, Uberaba e Viçosa.

As provas objetivas serão a única etapa avaliativa do concurso e acontecerão em 23 de setembro, nas cidades de Alfenas, Belo Horizonte, Curvelo, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Patos de Minas, Pouso Alegre, Teófilo Otoni, Uberaba e Viçosa.

Fonte: Agência Minas

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.