Home / Notícias / Variedades / Manifestações reúnem dezenas de milhares Brasil afora: Em Brasília Congresso Nacional é tomado

Manifestações reúnem dezenas de milhares Brasil afora: Em Brasília Congresso Nacional é tomado

Teto do Congresso Nacional foi tomado

Manifestações acontecem simultaneamente nesta segunda-feira (17) em várias outras cidades do país, como em Belo Horizonte, São Paulo, Natal, Belém, Campinas, no Rio de Janeiro, em Florianópolis e em Brasília. Manifestantes protestam contra o aumento das passagens de ônibus e os gastos públicos.




Brasília

Concentrados em frente ao Congresso Nacional, manifestantes estão subindo em uma das cúpulas do prédio. Mais cedo, dois homens foram detidos pela Polícia Militar do Distrito Federal por tentarem burlar o bloqueio feito pelos policiais na rampa de acesso ao Congresso Nacional, informou o tenente-coronel Maurício Gouvêa, que comanda a ação policial. A polícia fez um cordão de isolamento para impedir o acesso dos manifestantes à rampa.

Um grupo de manifestantes está jogando água em uma tentativa de provocar os policiais militares e ameaça entrar no Congresso.




O estudante Wellington Fontenelle, um dos organizadores do protesto, disse que a intenção da manifestação não é invadir a sede do Legislativo e ficar concentrada apenas no gramado em frente ao Congresso. Ele disse que ainda que o movimento não representa o grupo que tenta a invasão. O protesto foi organizado pelas redes sociais, principalmente pelo Facebook.

De acordo com o tenente-coronel, 200 homens estão fazendo o policiamento, mas a segurança será reforçada com mais agentes.




Rio de Janeiro

A Avenida Rio Branco, no centro do Rio de Janeiro, está completamente tomada por manifestantes que protestam contra o aumento das passagens de ônibus e os gastos públicos com as obras da Copa das Confederações e do Mundo (2014) e das Olimpíadas (2016).

A manifestação ocorre de forma pacífica. Os participantes gritam “Sem violência” e “Vem pra rua, vem contra o aumento”. Muitas pessoas acompanham das janelas dos escritórios a passagem do protesto e jogam papel picado.

O policiamento foi reforçado. Os policiais militares acompanham o movimento. A Tropa de Choque não está no local.

São Paulo

A manifestação contra o aumento da passagem do transporte público reúne cerca de 30 mil pessoas em São Paulo. O cálculo é da Polícia Militar. Os ativistas, em passeata, estão saindo do Largo da Batata, e ocupam todas as oito faixas da Avenida Brigadeiro Faria Lima.

Ao contrário do que ocorreu na última manifestação, na quinta-feira – quando a presença da PM foi ostensiva – hoje quase não se nota a presença de policiais. Até o momento, não houve registro de conflito. Mais cedo, os organizadores do Movimento Passe Livre e a polícia negociaram o trajeto a ser seguido pela passeata.

Fonte: Agência Brasil
Foto: G1

Confira também

Como o código universal de produto ajuda nas vendas

Está buscando mais informações sobre o que é o código universal de produto, acertei? Se …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *