Home / História da cidade / Personalidades / Personalidades de Muriaé – Geraldo Aziz de Araújo

Personalidades de Muriaé – Geraldo Aziz de Araújo

Geraldo Azis de Araújo nasceu em Senador Firmino (MG), em 22 de junho de 1941, quarto dos quatorze filhos nascidos de José Benedito de Araújo e de Cormaria Carvalho de Araújo: ele, simples carpinteiro; ela, dona de casa, e, apesar da vida difícil, conseguiram dar formação moral necessária para a construção do caráter digno de um grande homem.

Aos quatro anos de idade, sofreu um acidente no qual perdeu a visão do olho esquerdo, fato que em momento algum o impediu de ter uma perspectiva ampla e gloriosa da vida. Quando completou quatorze anos, deixou o seio familiar, para se aventurar à procura de trabalho na cidade de Juiz de Fora.




Muito impressionava a figura franzina e delicada de Azis, que desaterrava e limpava quintais em troca de um prato de comida, e a noite dormia em bancos de praça. Não demorou muito para que um comerciário lhe oferecesse trabalho e um lugar para dormir em seu estabelecimento.

Aos vinte anos, mudou-se com toda a família para a cidade de Eugenópolis, onde trabalhava em uma sorveteria e se dedicava ao comércio de víveres. Mais tarde, foi trabalhar no Hotel Raposo, na cidade de Raposo, onde a figura simpática e honesta, sempre é lembrada com carinho pelos amigos.

No início dos anos 70, Azis passou a comerciar em Muriaé vendendo motos e carros, além de produtos, como água mineral. A figura do comerciante honesto e perfeccionista teve início, e todos o procuravam para realizar variado comércio.




Na mesma época, conheceu Maria José Garcia de Araújo, com quem se casou e teve dois filhos: Daíze Golnária Garcia de Araújo e Wagner Azis Garcia de Araújo.

Em meados dos anos 70, comprou, de Guilherme Dornelas, o Bar Gaiola, e o transformou em uma danceteria conhecida pelo público jovem da época como sinônimo de divertimento. Quem não se lembra das belas noites de dança e paquera que rolavam na Gaiola.




No final dos anos 70, resolveu mudar de ramo e montou a Sapataria Snob. Novamente, o espírito empreendedor falou mais alto e revolucionou o comércio muriaeense fazendo “merchandising”, em uma época que propaganda era exagero. O atendimento pessoal e carinhoso dispensado aos clientes tornou a Snob um comércio próspero.

Figura marcante em Muriaé, esposo amado, irmão caridoso, pai saudoso, sempre ajudou quem dele necessitasse. No dia 27 de março de 1983, morreu num acidente de carro, aos quarenta e um anos, deixando a impressão que Deus só leva para junto de si aqueles que são realmente bons.

Em 2002, por iniciativa do vereador, suplente em exercício, Odilon Fructuoso Braga, teve seu nome indicado para denominar uma praça no bairro João XXIII.

Fonte: João Carlos Vargas e Flávia Alves Junqueira / Memorial Municipal

Confira também

Personalidades de Muriaé – José Henrique Hastenreiter

José Henrique Hastenreiter nasceu em Muriaé, em 27 de março de 1913. Era filho do …

2 comentários

  1. DAIZE GOLNARIA GARCIA DE ARAÚJO

    Muito feliz e agradecida pela linda homenagem feita ao meu pai.

  2. Maria José Garcia Araújo

    Muito emociada pela homenagem ao meu amado marido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *