Home / História da cidade / Personalidades / Personalidades de Muriaé – Sebastião Dias Ladeira

Personalidades de Muriaé – Sebastião Dias Ladeira

Sebastião Dias Ladeira, mais conhecido como Tatão Ladeira, nasceu no dia 10 de abril de 1920. Filho de Antonio Dias Ladeira e Maria Madalena Ramos, trabalhou desde menino, ajudando seu pai na roça, colhendo café, na cidade, com seu pai, pegava o lixo em uma carroça de burro.

Foi padeiro e percorreu vários serviços até aprender o ofício de pedreiro com o Sr. José Bellinazo e, em 1946, fez a 1ª casa à Rua João Crisóstomo 77, pertencente ao Sr. Antonio Salgado, como construtor de obras, iniciando assim uma carreira linda, respeitada, de muito amor à profissão.




Estudou até a 4ª Série no Grupo Escolar Dr. Silveira Brum e mesmo assim, como construtor fazia plantas e cálculos com tal competência que foi autorizado a colocar placas em suas obras por muito tempo. Teve sua carteira assinada de 01/12/69 a 31/03/1976, como construtor pela Sociedade de Obras Sociais – SOS. Pela Prefeitura Municipal de Muriaé, como chefe de obras, trabalhou de 01/12/77 a 18/06/85.

Atuou também no meio político como cabo eleitoral do Vereador Newton Frade, por muitos anos o mais votado. Mais tarde, por duas vezes, candidatou-se a vereador.

Foi também muito conhecido pela outra face de sua vida: a música. Teve um programa de rádio com o trio Tião Nascimento (seu tio), Tatão Ladeira e Dora (sua prima). Mais tarde o trio passou a ser composto por Tatão, Adão Ladeira e Pedrinho. Não parou por aí: com seu acordeom animou quadrilhas e aniversários. Teve conjuntos musicais: “Ladeira e seu conjunto” e “Night Blue”, que animaram bailes em Muriaé e Região. Também foi seresteiro.

Casou-se pela primeira vez com Maria do Carmo Dias, deixando 3 filhas: Maria Aparecida, Maria da Consolação e Maria do Carmo.

Casou-se pela segunda vez com Josefina Carvalho Ladeira, deixando 5 filhos: Sebastião, Júlio Cezar, Fernando Mauro, Luiz Henrique e Marcus Vinícius.

Foi um homem de bons sentimentos e cativou a todos com seu sorriso aberto, sua coragem e amor à sua família, sua cidade e sua vida.

Suas obras foram inúmeras, pois só parou com seu falecimento, em 26 de novembro de 1994.

Fonte: João Carlos Vargas e Flávia Alves Junqueira / Memorial Municipal

Confira também

Personalidades de Muriaé – José Pacheco de Medeiros Filho

Membro de uma das famílias mais nobres e mais tradicionais da cidade de Muriaé pelos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *