Home / História da cidade / Personalidades / Personalidades de Muriaé – Columba Teixeira e Silva

Personalidades de Muriaé – Columba Teixeira e Silva

Columba Teixeira e Silva nasceu em Muriaé em 13 de novembro de 1900, filha de Antônio Teixeira e Silva e Afra Barreiros e Silva. Era tetra-neta do fundador de Muriaé, Constantino José Pinto, pelo lado materno.

Fez o curso primário na primeira Escola Estadual de Muriaé e depois no Grupo Escolar Silveira Brum sendo aluna das professoras Estefânia Maria do Patrocínio e Julieta Macedo.

Foi batizada na Igreja de Patrocínio do Muriaé, na época distrito de Muriaé.




Estudou no Ginásio São Vicente de Paulo e o curso normal no Colégio Santos Anjos, ambos em Muriaé, onde se diplomou somente em 05/03/1919 pois um surto de febre espanhola no município motivou a suspensão das aulas em outubro e os exames finais só foram feitos em janeiro 1919.

Em 13 de Novembro de 1920 foi nomeada professora do Grupo Escolar Silveira Brum.

Casou-se em 1921 com Sebastião Ladislau de Faria e teve dois filhos: Maria Auxiliadora de Faria, inspetora escolar e José Amilcar de Faria, trabalhador em atividades comerciais.




Columba Teixeira e Silva foi professora, vice-diretora e diretora da Escola Estadual Silveira Brum. Foi muito dedicada à causa da educação procurando formar seus alunos para servirem à sociedade, à pátria e a Deus. É ainda, lembrada por vários ex-alunos seus. Aposentou-se em 13 de fevereiro 1953, após 33 anos de serviços prestados à infância de sua terra.

Era uma pessoa culta, atualizada e estudiosa dos problemas sociais do Brasil. Católica praticante e Cristã convicta, praticava a caridade amparando, principalmente, as pessoas doentes. Pertencia ao Apostolado da Oração. Sua vida familiar e profissional foi um exemplo para as futuras gerações. Era muito alegre, comunicativa e boa amiga. A pontualidade, o cumprimento do dever e a honestidade no trato das coisas públicas e particulares foram a tônica de sua vida.




Faleceu em 18 de abril de 1975 no Hospital Santa Terezinha em Itaperuna de pancreatite. Foi sepultada em Muriaé, no cemitério paroquial, túmulo n° 489.

Sua lembrança não será apenas um retrato na parede que se vai desbotando ao longo dos anos. É, sobretudo, um exemplo de honestidade, coragem, altruísmo e capacidade.

Em 4 de novembro de 1983 o Governador do Estado, Dr. Tancredo Neves, assinou o Decreto n° 23.135 dando à antiga Escola Cachoeira da Encoberta, a denominação de Escola Estadual Columba Teixeira e Silva.

Fonte: João Carlos Vargas e Flávia Alves Junqueira / Memorial Municipal

Confira também

Personalidades de Muriaé – Irmã Teresa Colombo

A Irmã Teresa Colombo nasceu em Cernusco Lombardone (Como), na Itália, em 21 de dezembro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *