Personalidades de Muriaé – Elza Rogério de Castro Renhe

Elza Rogério de Castro nasceu no dia 19 de outubro de 1920, no bairro da Barra, em Muriaé. Era filha de Antônio de Souza Castro e de Elvira Rogério de Castro, tendo cinco irmãos: Elvira Rogério Monteiro de Castro, Doutor Antônio Rogério de Castro, Doutor Francisco Rogério de Castro, Dulce Rogério de Castro Carvalho e Clara de Castro Rogério.

Estudou na Escola Estadual Silveira Brum e no Colégio Santa Marcelina, onde concluiu o curso de magistério.

No ano de 1953, casou-se com o funcionário do Banco do Brasil, José Renhe, passando, então, a se chamar Elza Rogério de Castro Renhe.

Fez da educação o sentido maior de sua vida, oferecendo um admirável trabalho como mestra. Sempre demonstrando ser uma professora dedicada e eficiente, trabalhou no Colégio Santa Marcelina; no antigo Instituto Nossa Senhora das Graças, sendo uma de suas fundadoras; na Escola Estadual Desembargador Canêdo, onde trabalhou por 21 anos, de modo especial, com a alfabetização, vivendo ali, a plenitude de sua carreira.

Como alfabetizadora, repassou suas técnicas e seus conhecimentos para várias professoras que herdaram seu amor à educação e a crença na formação intelectual e moral das crianças.

Seu esposo faleceu, ficando a professora Elza viúva cedo. Felizmente, teve sempre ao seu lado, em todos os momentos, a companhia de uma grande e fiel amiga, a Professora Sra. Dilma Mauri Hocayen, ainda residente no bairro da Barra. Por vários anos, trabalharam juntas na Escola Estadual Desembargador Canêdo. E esta amizade era tão verdadeira que Dilma, ao dar a luz a uma menina, no ano seguinte à morte da amiga, deu a ela o nome de Elzimar Cristina Santos Hocayen, em homenagem a Elza.

Professora Elza Rogério faleceu subitamente no dia 28 de março de 1967, aos 47 anos de idade, em pleno exercício da profissão. Não deixou filhos, mas, inúmeros familiares, parentes e amigos saudosos que guardam ainda muitas de suas lições de vida.

Por certo, devido ao seu exemplo de mulher, em 01 de fevereiro de 1992, Elza Rogério de Castro Renhe deu nome à Escola Municipal localizada no bairro Gaspar, criada pelo decreto nº 730 de 27/02/1991 e sua denominação efetivada pelo decreto nº 753 de 03/06/1991 no governo do então prefeito Cristiano Augusto Bicalho Canêdo.

Fonte: João Carlos Vargas e Flávia Alves Junqueira / Memorial Municipal


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo